Cavala

Peixe da família Scombridae, a Cavala ou Cavala-verdadeira (Scomberomorus cavalla) apresenta linha lateral marcada, servindo para distinguir as espécies do gênero. Peixe de escamas tão pequenas que dão a impreção de não existirem, possuem formato do corpo fusiforme e fortemente comprimido. O pedúnculo caudal é estreito, dotado de quilha carnosa na porçao longitudinal mediana. A nadadeira caudal é bastante furcada. A cabeça ocupa cerca de 1/5 do comprimento do corpo.

cavala_09456.jpg

A ampla boca terminal é dotada de poderosa dentição triangular, extremamente cortante, capaz de causar sérios acidentes ao pescador desatento. Possui pequenas nadadeiras em formato triangular nas partes superior e inferior da cauda, chamadas de pínulas, variando de sete a dez em cada perfil. A coloração geral é azulada no dorso e prateada nos flancos e no abdômen. Entre as espécies desse gênero, S. cavalla é a única que não possui pintas ou manchas. Podem ultrapassar o 1,5 metro de comprimento total e pesar cerca de 50 quilos.

lbf_king_mackerel.jpg

Scomberomorus cavalla

Espécie migradora. Forma grandes cardumes com indivíduos da mesma idade, ocorrendo na superfície e meia água. Os cardumes de cavala seguem os cardumes de peixes menores, como sardinhas e manjubas, que juntamente com as lulas, constituem seu principal alimento. Vive em alto mar, mas durante o verão, freqüenta os costões rochosos e regiões de mar aberto, não muito distantes da costa. É uma espécie muito esportiva e comercial.

cavala_034.jpg

Ocorre nas Regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Sul (do Amapá a Santa Catarina). No litoral do Nordeste, é comum o ano todo, mas no Sudeste e Sul é mais freqüente no verão.

cavala003.jpg

O equipamento mais indicado é o de ação média a média/pesada. Linhas de 10 a 50 libras, anzóis de nº 2/0 a 6/0. A bóia é um material útil para manter a isca na meia água.

463742974_2bdc9312d1.jpg

As iscas naturais de peixes e lulas são as ideais. Os plugs de meia água, jigs e lambretas tracionadas no corrico também são muito eficientes.

cavala_01.JPG

Dicas de pesca:  Apesar da dentição bem desenvolvida, podem engolir os peixes inteiros, sem cortá-los. Não é incomum engolirem iscas artificiais usadas na modalidade de corrico. Por esse motivo o uso de longos empates ou cabos de aço recapados com náilon, com mais de 1,5 metro de comprimento, pode fazer a diferença entre o sucesso ou o fracasso em sua captura.

cavala093.jpg

Recorde: 42.18 kg/ 93 lb 0 oz

Deixe seu comentário