Badejo Mira ou Saltão

 Corpo robusto, alongado e de pequeno a médio porte. Coloração marrom-escuro, um pouco mais claro no ventre, com manchas claras irregulares. Apresentam estrias escuras onduladas na cabeça, do olho para trás. Os grandes espécimes apresentam coloração marrom-escura uniforme. Normalmente medem 50 cm de comprimento, pesando em torno de 2 Kg, podendo os maiores exemplares atingir mais de 10 kg. No Brasil ocorrem em praticamente toda a costa.

peixe02.jpg

 Mycteroperca acutirostris

Pesca Subaquática: Este é outro peixe muito cobiçado pelo caçador submarino, especialmente os exemplares maiores denominados pelos pescadores como saltões, mas que infelizmente é raríssimo em nossa costa. O badejo mira é um dos peixes mais curiosos de nossa fauna. Quando estão mansos, chegam tão próximo do mergulhador que se pode até tocá-los. Por isso a melhor maneira de capturá-los é se escondendo atrás de uma pedra ou dentro de um buraco.

Preferem águas quentes, desaparecendo quando estas esfriam, procurando regiões mais fundas. Vivem em fundos de pedra ou areia.

Vivem solitários ou em pequenos grupos, junto ao fundo ou perto de tocas e rachas. Muito curiosos, costumam encarar os mergulhadores. São carnívoros vorazes, atacando cardumes de sardinhas, manjubas e toda a sorte de peixes pequenos e crustáceos.

Tamanho mínimo para captura: 23 cm

Recorde Brasileiro de Pesca Submarina:

badejo_saltao_record.jpg

Pescador sub. Vinicius Figueredo Chaves

Peso (kg): 10,590

Local de captura: Laje do Arduino – Ilhas Tijúcas – RJ

Data: 09/04/2004

Recorde para pesca esportiva:

5,25 kg/ 11 lb e 9 oz

Vídeo Pesca Submarina:

[youtube:http://www.youtube.com/watch?v=GZX7usJakoo]

Vídeo Pesca Esportiva:

 [youtube:http://www.youtube.com/watch?v=sDvRzPhc-KE]

Deixe seu comentário