Corvina-de-água-doce

A família (Sciaenidae) é principalmente marinha, mas possui vários representantes na água doce, sendo o gênero Plagioscion o mais comum.

Para a pesca, a mais importante representante dessa família em água doce, é a Corvina (Plagioscion squamosissimus), peixe de corpo alto e comprimido, com perfil superior convexo. Possui boca terminal grande, dotada de pequenos dentes e linha lateral evidente, composta por escamas grandes. Sua nadadeira caudal romboidal e a nadadeira dorsal longa e baixa, ocupando quase toda a região superior do corpo. As nadadeiras dorsal e peitorais são quase transparentes (hialinas), as demais, opacas em tons de branco ou cinza. A coloração geral do corpo é prateada, com o ventre branco. Uma mancha preta é bem evidente na base das nadadeiras peitorais. Atinge mais de 70 cm de comprimento total e cerca de 6,oo kg de peso.   

corvina0011.jpg

Plagisoscion squamosissimus

Espécie de fundo e meia água, freqüenta as regiões mais profundas do leito dos rios, nos canais, poços e também dos lagos e reservatórios. Nada em grandes cardumes, na coluna d’água. Em algumas ocasiões, também freqüenta praias arenosas ou baixios. Podem ser encontrados em lagos ou em lagoas durante a cheia, mas também naquelas que ficam isoladas do rio principal na estação da seca, desde que apresente boa profundidade, com pelo menos 2 ou 3 metros. Alimentam-se de peixes e camarões, com predominância de um ou outro dependendo do local. É um peixe muito prolífico, que não realiza migração reprodutiva. 

Espécie muito apreciada pela carne branca e delicada, tendo grande importância comercial na Amazônia. 

Ocorre naturalmente em rios e lagos das Bacias Amazônica e do Tocantins-Araguaia. Foi deslocada para diversas represas nas regiões Sul e Sudeste do País. 

corvina-2007092-copy.jpg

O equipamento empregado é do tipo médio para linhas de 14, 17 e 20 lb. É aconselhável o uso de varas de ação mais rígida. O anzol pode variar do n° 2/0 a 6/0.

Sua pesca é realizada utilizando principalmente iscas naturais, como pequenos peixes em pedaços ou inteiros (lambaris, sardinhas de água doce) e camarões. Ocasionalmente, podem ser capturadas com plugs de meia água e jigs.

Dicas de Pesca: Os maiores indivíduos costumam ser pescados à noite em poços profundos. Como muitas vezes o cardume está no fundo, a fisgada tem que ser firme para o peixe não escapar.

Os cardumes permanecem em diferentes profundidades, de acordo com o horário do dia, ou mesmo durante a noite. Portanto, é importante baixar as iscas, naturais ou artificiais, em diferentes profundidades, até encontrar o cardume e marcar a quantidade de linha liberada para alcança-lo.

2f081517bc51b87e1acabba08bd24533.jpg

Pode ser pescado o ano todo, de preferência nos meses mais quentes e menos chuvosos.

Recorde:
Plagisoscion squamosissimus – corvina – 4,5kg/9lb 14oz

18 Responses to “Corvina-de-água-doce”

  1. Hercules Junior on setembro 7th, 2008 at 19:31

    Bela reportagem da corvina da agua doce. Parabéns . Muito interessante para iniciantes. valeu

  2. reportagem muito interesante gostei muito sou iniciante nesta modalidade corvina valeu as dicas

  3. Corvinas: usa-se camarão da água doce, lambaris, espadinhas como iscas.No rio São José dos Dourados – Represa Ilha Solteira – pesca-se exemplares de até 08 kilos.

  4. Fabrício Favarão on Abril 12th, 2009 at 10:28

    Pesco corvinas no Rio Tiete, só que aqui no interior, usando camarão.

  5. Pesco curvina na represa da Usina de Carlópolis, pesco com camarão fresco, já peguei exemplar de 6 kg.

  6. cyrillo benedito moscatelli on novembro 8th, 2009 at 8:01

    gostei da matéria e as dicas hoje só pesco curvina nãquero outro peixe é muito emocionante e esse peixe é bem brigador,vou sempre no rio tiete em zacarias valeu.

  7. Gostei das publicações e comentarios sobre a pesca das corvinas .Depois que descobri as corvinas peixe nenhum mais eu pesquei somente as curvas pesco na represa de Xavantes localizada em Carlopolis PR.sempre no condominio Residencial Ilha Bela é fantastico trinta dias de ferias imagine 5 kilos por noite fação as contas e sonhe…………..

  8. Ademir Pereita on novembro 26th, 2009 at 12:48

    Pescadores, boa tarde.

    Eu pesco na região de Barra Bonita, e o tamanho deste peixa para esta região é em torno de 20 cm. Qual é a melhor isca artificial para esta pescaria? Uma vez que para utilizávamos, lambarizinhos, tilipinhas,canivetinhos e que agora estão proibidos.

    Obrigado por qualquer ajuda.
    Ademir

  9. EU PESCO CORVINAS NO TIETE SEMPRE COM CAMARÃO MAIS QUANDO VAMOS PESCAR AS MAIORES USAMOS LAMBARIS

  10. fernando machado on Março 17th, 2010 at 11:51

    Eu pesco na região de Carlópolis, represa de chavantes, com lambari vivo e camarão vivo, já peguei até de 5 kg, tem muito tucunare nesta represa tambem.

  11. bolsas femininas on Março 20th, 2010 at 11:28

    amei ler seu artigo, tentei assinando o feed RSS, mas eu não podia

  12. RSS feed está funcionando agora, muito obrigado

  13. pesco rio parana entre Mato Grosso São Paulo pescamos com lambari,camarão,tuvira ou espadinha geralmente de dia a noite é muito deficil encontralas.

  14. sou mais um humilde pescador de corvina, por enquanto so peguei corvina pequena, ams chego la

  15. Eder Quintas on Maio 11th, 2010 at 16:34

    Aqui no Estado do Amapá e no Pará, a Corvina de Água Doce é conhecida como PESCADA, peixe de grande valor comercial e muito apreciada pela população.

  16. rodrigo facioli on junho 6th, 2010 at 21:45

    eu costumo pescar corvina com tilapias pequenas uns 10cm,é so fazer um corte nas costas da tilapia com tesoura para que ela nade fazendo zig zag.tente e comentem

  17. Neovan- Professor on julho 29th, 2010 at 20:49

    Bem…sou conhecido como professor (sem falsa modestia) pelas dicas que dou aos meus amigos pescadores…..a corvina por exemplo pesco na repres de barra bonita, num lugar conhecido como 3 rios (turvo,piracicaba e tiete).lá pescamos com uns peixinhos que o pessoal chama de “durinho”.se parece com um piauzinho e tambem com tripa de frango empanada.alias as maiores que peguei (+ – 4,5 KG) foram com tripa.vale tentar.

  18. costumo pescar corvina a noite, uso um esquema desta maneira, coloca-se uma lampada do lado do barco e ai os lambarisinhos começam a aparecer e ai vem a corvina pra comer os lambaris, geralmente compro sempre entorno de 20 duzias de lambaris p/ isca, o inicio da pesca é depois da meia noite em diante, ja fis pescada de de pegar em torno de 40kg de corvina, o bom desta pescaria anoite é que as vezes entra corvina de 4kg, não é historia de pescador, esperimente, um lembrete não pode ter vento ok…

Deixe seu comentário