Recifes artificiais no Paraná

 Os Recifes Artificiais Marinhos

Os recifes artificiais marinhos são estruturas criadas pelo homem, instaladas no fundo do mar que imitam os recifes naturais. Eles têm como objetivo servir de abrigo para os peixes e também protegê-los da atividade predatória das redes de arrasto, além de desenvolver o turismo subaquático, a pesca artesanal e pesca esportiva.

Brasília (08/04/08) – O Presidente do Ibama assinou a Licença de Instalação referente a estruturas de recifes artificiais de recrutamento larval, que serão instaladas na plataforma continental rasa do Paraná pela Universidade Federal do estado. São 9.480 estruturas divididas em 79 grupos, além de 719 estruturas anti-arrasto que servem de proteção da área do criadouro.

recifes.jpg

As estruturas deverão ser instaladas em cinco diferentes setores: Guaraqueçaba, Ilha do Mel, Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba. Nas condições estabelecidas pelo licenciamento, a Universidade deverá apresentar o programa de monitoramento de pesca das estruturas quanto ao posicionamento e integridade, dos processos de sedimentação, da biota aquática e de educação ambiental.

O Ibama, o Instituto Ambiental do Paraná, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade e a Capitania dos Portos do Paraná deverão ser avisados previamente sobre a efetiva programação dos lançamentos.

Janete Porto
Ascom/Ibama

Deixe seu comentário